top of page
museu-a-casa-do-objeto-brasileiro-secao-programacao-cultural-mesa-redonda-02.jpg

mesa redonda

MIRIAM MIRNA KOROLKOVAS E KIKA RUFINO.webp

O Museu A CASA do Objeto Brasileiro realiza uma mesa redonda que compõe a programação da exposição Joia Contemporânea Brasil_Finlândia: Polaridades.

O Museu A CASA do Objeto Brasileiro reúne artistas para dialogar sobre arte e técnica na abertura da exposição Joia Contemporânea Brasil_Finlândia: Polaridades. O evento ocorrerá pela plataforma Zoom e os participantes devem se inscrever clicando no link. 

 

Mirna Korolkovas, uma das curadoras da exposição, mediará o encontro. Kika Rufino, que assina a curadoria ao lado de Mirna, também fará parte do evento. Os artistas convidados se dividem entre os dois países: do Brasil, participam Alice Floriano, Ana Passos, Lívia Mourão, Bémok Kapayó e Eneida Sanches. Da Finlândia, comparecem: Kirsi Manninen, Wiebke Pandikow, Tiina Rajakallio, Ulla Ahola e Hanna Ryynänen. 

Durante o debate, serão abordadas questões sobre a produção das peças e outras reflexões que dissecam a função de uma joia para além de seu papel de ornamento. "A joia veste o corpo? Qual corpo? Ele é apoiado sobre a pele ou acolhido debaixo da pele desse corpo humano? Como enxergamos a joia hoje? Convido a todos para essa roda de conversa com essas perguntas em mente", diz Mirna Korolkovas. 

 

Mesa Redonda
07 DE NOVEMBRO DE 2020, ÀS 15H

 

Joia Contemporânea Brasil_Finlândia: Polaridades
Com Kika Rufino e Mirna Korolkovas, curadoras da exposição Joia Contemporânea Brasil_Filândia: Polaridades, e os artistas Alice Floriano, Ana Passos, Lívia Mourão, Bémok Kapayó, Eneida Sanches, Kirsi Manninen, Wiebke Pandikow, Tiina Rajakallio, Ulla Ahola e Hanna Ryynänen.

 

Evento online • gratuito • sujeito à lotação

museu_casa_selos_programacao_cor.png
bottom of page